Publicado por: Guilherme Byrro Lopes | 11/08/2009

Desvendando a Economia: a Sazonalidade II


Com o objetivo de esclarecer um pouco mais da sazonalidade e do papel que ela representa dentro de uma série de dados (e complementar o post anterior sobre o mesmo assunto), decidi costruir um exercício prático e bastante simples.

Qualquer série de dados (Y) pode ser dividida, quebrada ou explicada por alguns fatores ou componentes que são próprios dela. Sem complicar muito, em termos gerais esses fatores são: a sazonalidade (S), a tendência(T), o ciclo (C) e um componente aleatório (E). Dessa maneira, defini-se que Y=f(S,T,C,E). A decomposição de Y pode ser feita através de regressões ou pelo método de médias móveis (x11 ou x12).  Também precisa-se definir um modelo, que pode ser aditivo (Y=S+T+C+E) ou multiplicativo (Y=S*T*C*E).

Antes de prosseguir, seria bom explicar de onde vieram ou o que são esses “(S,T,C,E)”. A tendência (T) talvez seja mais facilmente definida pois é um conceito mais utilizado no dia-a-dia, de maneira que esta indica ou aponta uma direção que pode ser definida em um intervalo do tempo. Em um exemplo, dizer que existe uma tendência da queda (ou alta) do dólar significa que, se nada mudar, o dólar deve cair (ou subir). O ciclo (C) difere da sazonalidade na sua duração. Enquanto a sazonalidade (S) normalmente está definida como oscilações que se repetem com um certo padrão dentro do curto prazo e em períodos de até um ano, os ciclos são associados ao longo prazo, sendo mais associados à séries de atividade economica do que de inflação. O componente aleatório ou errático (E), por definição, é aquilo que qualifica a série que não pode ser modeloado, como os três itens anteriores.

Ao definir a sazonalidade de uma série, pretende-se antecipar um movimento que deve acontecer no futuro, caso se deseja fazer uma previsão, ou explicar um movimento do passado, atribuindo as oscilações às sazonalidade ou não.

Abaixo foi construída uma série fictícia que representa a combinação desses componetes e os componentes induvidualmente. Dessa maneira, pode-se compreender visualmente o que foi explicado acima. Apenas para fins teóricos, considerei uma sazonalidade anual, um ciclo de 3 anos e uma série Y com índice base 100 em jan/00.

Serie_construida

Serie Y e decomposição dos componentes S, C, T e E

Anúncios

Responses

  1. eu gostei muito de sua explicação embora eu ainda não seja economista mas plneijo me torna um com certeza seus post me aujudaram bastente

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: