Publicado por: Guilherme Byrro Lopes | 27/10/2009

Brasil, o País da Pizza!


O Brasil será palco de grandes eventos nos próximos anos. A Copa das Confederações em 2013, que antecede a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Estes serão, sem sombra de dúvidas, acontecimentos que “nunca antes na história desse país” o  povo brasileiro vai poder vivenciar tão de perto e tão intensamente (não estou contando a Copa de 1950, onde apenas 13 seleções participaram e não existia o projeto tão forte de desenvolvimento de infra-estrutura para atender os eventos).  Assim como a realização dos Jogos Pan-Americanos no Rio em 2007, inúmeros outros eventos de porte internacional devem mirar o Brasil nos próximos anos para realização dos mesmos.

Isso acontece por um excepcional momento de confiança e credibilidade no país, nas políticas (principalmente a monetária) que contribuem para estabilidade macroeconômica (sobretudo o famoso tripé: (i) inflação sob-controle e dentro de níveis decentes,  (ii) política de  câmbio flutuante e  (iii) geração de superávit primário para pagar a dívida), contribuindo esses fatores também para o crescimento do PIB e atraindo enorme fluxo de capital estrangeiro  para o país (diretamente, em obras; e indiretamente, via mercado de capitais).

Não sei se os estrangeiros sabem que no Brasil tudo acaba em pizza, não somente investigações de políticos corruptos mas também de bandidos influentes, crimes de colarinho branco, CPI’s e diversos outros exemplos que estão nos jornais quase todos os dias. Os casos se resolvem com arquivamentos ou deixando impunes os acusados.

Mesmo com todas as trapalhadas e decepções políticas e sociais, a economia vai bem e deve manter essa tendência. Como ter tanta certeza que o futuro continuará sendo bom? O nosso presidente, em recente entrevista no seu programa de rádio “Café com o Presidente” (26/10/09) deu a dica para os empresários: INOVAÇÃO! Segundo as famigeradas, inóxias, célebres e notórias (a lá Guimarães Rosa) palavras do presidente Lula (…) Eu vou dar um exemplo de uma inovação: há pouco tempo atrás, para você comer uma pizza, você tinha que sair de casa com a família e ir numa pizzaria para comprar uma pizza. Hoje, você pega o telefone e liga, inovaram com milhares de motocicletas neste país, ou seja, e as pessoas fizeram um dispositivo em que cabe a pizza direitinho lá, leva dezenas de pizza naquela motocicleta e vai entregando de casa em casa. Obviamente, que melhorou muito a venda de pizza, melhorou muito a tranqüilidade da sociedade e melhorou muito a lucratividade do empresário, gerando, inclusive, mais empregos. E é importante que os empresários saibam que nós temos, através do Ministério da Ciência e Tecnologia, através do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), nós temos recursos para que a gente possa ajudar na inovação.

Fico assim feliz em saber que fomos nós, os brasileiros, que inventamos a caixa, um dispositivo fantástico que serve para colocar as coisas dentro. Fico feliz por termos aperfeiçoamos a tradicional culinária italiana, uma vez que os ítalo-brasileiros trouxeram essa fantástica comida ao país e a fazem muito bem por aqui. Fico ainda mais feliz por saber que o Ministério da Ciência e Tecnologia esteja empenhado nesses tipos de inovação com dispositivos inéditos e estratégicos para o desenvolvimento do país e que conta com amplo suporte financeiro do BNDES. Tenho certeza que foi um brasileiro que popularizou o termo português “delivery”, certamente o mesmo criador do termo “se-si-servi-se”, traduzido como “self-service” séculos mais tarde para o inglês. Outra certeza que tenho é que a redução do IPI de 5% para 0% os fogões é uma estratégia para criar empregos para os entregadores de pizza (a redução do IPI para microondas não aconteceu pois ele não deixa a pizza mais crocante).

A festa da corrupção, dos desvios de dinheiros, dos favorecimentos pessoais, dos enriquecimentos ilícitos já deve começar! pizza2Que venha a Copa do Mundo, as Olimpíadas e até mesmo os Jogos de Inverno, se for o caso, uma vez que, se tiverem investigações, mesmo os fatos todos apontando em uma direção, já sabemos que vai terminar em pizza e vamos poder dividir com os gringos! Estou torcendo para que a Itália conquiste o penta em 2010 e garanta presença aqui em 2014, assim poderão desfrutar todos os sabores das pizzas do nosso país inovador! Até lá, quem sabe não inventamos um dispositivo para manter em boas condições de conserva as pizzas congeladas que compramos nos supermercados ?!?!

Anúncios

Responses

  1. Os italianos vão querer comer a pizza sozinhos! Gostei do texto!

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: