Publicado por: Guilherme Byrro Lopes | 20/08/2013

Dia do Overshoot Ecológico


EOD2013-A_web2[1]Dia 20 de agosto é o dia do Overshoot Ecológico da Terra! O que isso quer dizer? É o dia, no acumulado do ano, em que a demanda por ativos ambientais superou a capacidade anual do planeta nos fornecer os mesmos ativos. Em 8 meses e 20 dias fomos capazes de exaurir o nível sustentável anual da Terra, considerando a pressão exercida sobre o meio ambiente, que considera as demandas desde alimentos para consumo humano, assim como alimentos para atender aos rebanhos que servem também para consumo humano, como as demandas por matéria prima utilizadas no sequestro de CO2. O overshoot caracteriza a “ultrapassagem”, no sentido de ultrapassarmos o limite do que seria considerável sustentável, segundo esse indicador. Isso pode ser visto na figura ao lado, onde a proporção da Pegada Ecológica sobre a Biocapacidade (capacidade de se autorregenerar do planeta) acima de 100% retrata esse ponto de ultrapassagem.

A notícia é dada pelo Instituto Global Footprint Network, que apresenta maiores informações sobre o Earth Overshoot Day (link). Do ponto de vista financeiro, poderia ser dito que hoje é o break-even da operação ou que o retorno, considerando fluxos positivos e negativos, é zero. Todavia, ao invés do futuro indicar uma melhora nos resultados, como no caso de uma análise de investimentos, o resultado é o oposto.

overshoot ecologico

Significa operar no vermelho, apresentar prejuízo ao invés de lucro. Ou seja, toda a pressão adicional que exercermos sobre o meio ambiente até o final do ano é uma “queima de estoque”, no sentido que os ativos ambientais possam formar estoques, como o exemplo das florestas. Logo, enquanto houver esse estoque natural, não há que se preocupar, certo?  Não é tão simples tal afirmação, pois a degradação ambiental resulta em uma série de problemas também econômicos e sociais, além de, é claro, o ambiental. Aquecimento global, redução de biodiversidade, erosão do solo, desmatamento, queimadas, queda de produtividade da terra, problemas de saúde (seja por qualidade do ar, contaminação de solo e lençol freático podem levar a inúmeras doenças, por exemplo) são apenas alguns itens a serem citados.

Com os dados disponíveis até o final de 2012, era necessário 1,5 “planetas Terra” para atender à demanda da humanidade (que é obvio que não temos outra Terra para ajudar a fechar a conta). Mais de 80% da população mundial vive em países em que a demanda nacional é maior do que a capacidade do próprio ecossistema se autorregenerar. Segundo dados da própria organização, por exemplo, seriam necessários 2,5 países idênticos à China (em termos de ecossistemas) para atender à demandas do país. A situação fica mais grave para alguns países ricos e chamados “desenvolvidos” que exercem uma pressão sobre o meio ambiente muito superior à capacidade própria (leia-se “insustentável”). Para países como Itália e Reino Unido, seria necessário outros 3,5 e 4,0 países idênticos, respectivamente. Países como o Japão, muito ricos mas pobres em recursos, demandam 7,1 vezes mais do que seu ecossistema suporta. Esse custo ambiental é pago por outros países, claro, pois o restante dos 6,1 “Japões” (excluindo o próprio) resulta em degradação ambiental que o Japão causa em outros lugares (assim como muito outros países). A figura abaixo retrata essas situações.

Overshoot Ecoógico (países)

Overshoot Ecológico (países selecionados)

Nota-se, com base também em outros inúmeros documentos em relação ao tema, que essa pressão ambiental está intimamente ligada ao padrão de consumo dessas sociedades. Assim, cabe aqui uma conclusão da minha parte, mas uma reflexão do leitor em relação ao nosso futuro, em relação ao planeta que queremos, em relação à quantidade de ativos ambientais que ainda vamos reduzir ou degradar, em relação ao nosso atual padrão de consumo e como podemos criar uma situação mais sustentável, de forma a ter uma interação mais saudável com o planeta em que vivemos.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: