Publicado por: Guilherme Byrro Lopes | 14/01/2016

Como destruir seu país? (1)


A receita é fácil e NÃO tem a ver com ideologias partidárias. Tem a ver com teimosias econômicas. Anote os ingredientes que você vai precisar:

  • 3,581 unidades Dívida Pública
  • 14 e 1/4 xícaras de  Taxa de juros
  • 10,7 colheres de aumentos de preços congelados
  • 110 partes de despesas públicas
  • 1 Bicicleta
  • Mentira a gosto
  • 1 cabeça de vento estocado
  • 2 colheres de sarcasmo (opcional)

Para a receita dar certo, é importante mentir do início ao fim. Diga, por exemplo, que é uma receita de sonho, de manjar dos deuses, de crescimento do bolo, mas não diga nunca que é uma receita para quebrar o país.

Receita:

  1. Aqueça a dívida pública: contraindo empréstimos que não vai ter como pagar tão cedo. Você pode por exemplo aumentar o tamanho do BNDES em 10x adicionando fermento na dívida. Pode também aumentar as operações compromissadas. O importante é expandir a qualquer custo, sendo criativo (igual a contabilidade).

Ao final, deve obter uma consistente trajetória de elevação da dívida, que deve ficar assim:

divida publica trajetoriadivida publica trajetoria2

2. Aumente os preços na economia: pode fazer da forma que for mais conveniente, mas o truque é fazer tudo de uma vez. Se der pra ficar segurando aumentos e depois liberar tudo, é melhor ainda, pois a bagunça aumenta. Deixe passar meses congelando preços de combustíveis, energia elétrica, gás, remédios, etc. e quando puder, adicione todos os aumentos de preço de uma vez. Com paciência, continue a mentir e dizer que está tudo sob controle. Assim você terá um aumento de preços assim:

IPCA 2015 - livres e administrados

Como os preços são administrados e não tem Política Monetária que segure isso, minta novamente e dessa vez aumente juros!

3.  Acrescente  14 e 1/4 xícaras de  Taxa de juros: Ferva a taxa de juros até o ponto de ebulição, preferencialmente em fogo alto! Isso deve ajudar também no aumento da dívida!

SELIC

4. Use 110 partes de ingredientes que você não tem (mas diga que tem e que está tudo sob controle) e moa o resultado primário até virar pó. Depois que virar pó, jogue água para virar um caldo e cozinhe.

Essas 110 partes de despesas públicas devem produzir um déficit primário, que mostra que você não tem dinheiro pra pagar nem o que gasta hoje, quem dirá o que vai gastar lá na frente (ou seja, não vai ter como pagar a dívida, que está fervendo).

Pode adicionar as partes aos poucos, diluindo com mentira e se quiser pode adicionar sarcasmo e pimenta na receita. Ao final do período você deve conseguir um molho picante nesse formato:

primario

5. A bicicleta pode ser usada enquanto os ingredientes vão ficando prontos. Pode usá-la pra pedalar.

6. Deixe o preparo resfriar, ao sabor do vento estocado! A receita também fica bem com petiscos de mandioca.

6.Sirva gelado. O prato serve 200 milhões de pessoas, homens e mulheres sapiens.

pib ibge 2015 q3

Com essa receita básica, você pode destruir seu país economicamente. São inúmeros os acompanhamentos que podem vir com essa receita, que serão apresentados no próximo post!

Até lá, bom proveito e saboreie a crise.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: